Processo de investimento

Um processo de investimento alinhado com a nossa filosofia e respeitando as suas necessidades. Com base em nossos cenários e perspectivas econômicas, seu horizonte de investimento, uma compreensão abrangente de suas necessidades e tolerância a riscos, uma equipe de investimento dedicada elabora sua alocação de carteira.

O processo consiste em uma compreensão profunda dos mercados e dos vários produtos de investimento, análise qualitativa e quantitativa, gestão de liquidez e controle de risco.

pic topdown

Abordagem descendente de investimento

Alocação Estratégica de Ativos (SAA)

  • SAA é a alocação de ativos de referência de longo prazo definida para cada perfil de investimento.
  • Com base no “questionário de perfil de risco”, é elaborada em colaboração com o cliente e integra o apetite do cliente pelo risco, o retorno específico esperado, a capacidade de enfrentar possíveis perdas, o horizonte de investimento retido e quaisquer necessidades de liquidez programadas.
  • A SAA se concentra no longo prazo, logo, a influência esperada dos ciclos de negócios e de crises financeiras deve ser menos importante, pois as expectativas de longo prazo obedecem a fatores estruturais como crescimento populacional (ou mudanças demográficas), políticas governamentais e melhorias de produtividade.

Alocação Tática de Ativos (TAA)

  • A TAA concentra-se no horizonte de curto a médio prazo e integra fatores como sentimento, avaliações absolutas e relativas, dinâmica dos mercados, atratividade setorial, liquidez e indicadores técnicos.
  • Por meio da TAA, os gestores ajustam a SAA para se adaptar às mudanças nas condições econômicas e financeiras.
  • A TAA pode ser adaptada a uma decisão de momento de mercado relacionada a ciclos de negócios e sentimento do mercado. É também o processo que identifica as oportunidades de investimento que estão distribuídas no Grupo CBH.
pic topdown right 2